Seleção Eletrônica de Café

A seleção eletrônica de café é uma das últimas etapas do processo de rebeneficiamento do café dentro dos armazéns da Dínamo Inter-Agrícola. O procedimento de seleção eletrônica de café ocorre depois dos processos de limpeza, catação de pedra, ventilação e separação por peneiras.

As instalações da Dínamo Inter-Agrícola, localizadas na cidade de Machado, no sul de Minas Gerais e também nas cidades de Franca e Santos, no estado de São Paulo, são equipadas com modernas e dinâmicas máquinas de seleção eletrônica de café, com alta demanda e capacidade para oferecer um serviço ágil e de muita qualidade.

Como funciona a seleção eletrônica de café?

Na etapa da seleção eletrônica de café, os lotes passam por um conjunto de máquinas equipadas como fotocélulas que fazem a leitura pré-programada das cores. Através do processo de seleção eletrônica de café, é possível a eliminação dos cafés com características defeituosas e que acabam interferindo de forma significativa na qualidade da bebida do café.

A seleção eletrônica de café visualiza os grãos através das fotocélulas e identifica os grãos pretos, ardidos, verdes, fermentados e os elimina do lote através de um sistema de ar comprimido.

A seleção eletrônica de café também pode ser realizada para a eliminação de café com tons claros e amarelados, que são características de cafés envelhecidos.

A Dínamo Inter-Agrícola atua há mais de 30 anos no mercado cafeeiro do Brasil, sempre trabalhando com alta tecnologia na preparação de café para exportação.

Entre os serviços de ponta oferecidos pela Dínamo Inter-Agrícola para o mercado exportador está a seleção eletrônica de café.

Para saber mais sobre seleção eletrônica de café e outros serviços oferecidos pela Dínamo Inter-Agrícola, entre em contato com os profissionais da empresa pelos telefones (35) 3295-5111 ou (13) 3213-1300.

Mais visitados

O texto acima "Seleção Eletrônica de Café" é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. – Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.